FIQUE POR DENTRO

RESOLUÇÃO ANA Nº 79, DE 14 DE JUNHO DE 2021
Aprova a Norma de Referência nº 1 para a regulação dos serviços públicos de saneamento básico, que dispõe sobre o regime, a estrutura e parâmetros da cobrança pela prestação do serviço público de manejo de resíduos sólidos urbanos, bem como os procedimentos e prazos de fixação, reajuste e revisões tarifárias. Saiba mais …

LIXÃO ZERO. O Governo do Brasil dá mais um passo gigante rumo à conversão do lixo em energia! Foi assinado hoje um Acordo de Cooperação pelo Ministério do Meio Ambiente para a criação do Atlas de Recuperação Energética de Resíduos Sólidos, que indica as potencialidades no território nacional para o aproveitamento do lixo como fonte de energia. Saiba mais…

O governador Romeu Zema, acompanhado da secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Marília Melo, recebeu o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, na última sexta-feira (21/5), em solenidade no município de Perdigão, no Centro-Oeste de Minas. O evento marcou o anúncio do investimento de R$ 7,8 milhões do Governo Federal para gestão de resíduos sólidos em 20 municípios que integram o Consórcio de Municípios do Centro-Oeste Mineiro (Cias Centro-Oeste). Saiba mais…

Romeu Zema e ministro do Meio Ambiente lançam edital do lixão zero em MG-

…Serão disponibilizados R$ 100 milhões, com recursos de acordos de multa ambiental firmados entre Vale S/A e Ibama, para auxiliar cerca de 350 municípios na destinação ambientalmente adequada de resíduos, por meio da RECICLAGEM e RECUPERAÇÃO DE MATERIAIS …” Saiba mais…

Edital da Semad prevê R$3,2 milhões em investimentos para coleta seletiva

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) publicou, nesta quarta (22/09), Edital de Chamada Pública n° 004/2021. O documento prevê a seleção de projetos de implantação ou ampliação de coleta seletiva de resíduos sólidos urbanos a serem executados por consórcios públicos intermunicipais em Minas Gerais. Serão disponibilizados R$ 3,2 milhões de reais para compra de equipamentos.

Saiba mais…

Térmica a lixo em Barueri é primeira a vencer leilão de energia do governo

A Orizon Valorização de Resíduos foi a primeira empresa a vencer leilão de energia realizado pelo governo com uma usina térmica que gera energia a partir do lixo. A concorrência, realizada nesta quinta-feira (30), movimentou contratos para abastecer cinco distribuidoras do país. Com potência de 20 MW (megawatts), o projeto custará R$ 520 milhões e será construído em Barueri, na região metropolitana de São Paulo. A potência é equivalente ao consumo de 320 mil pessoas, segundo a empresa vencedora. Saiba mais…